Você vive esperando pela sexta-feira? Chances são de você esta insatisfeito com seu trabalho ou carreira.

E você não está sozinha.

Muitas pessoas estão infelizes com sua vida profissional mas não sabem o que fazer para mudar essa realidade.

Um levantamento do Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (Ipom) feito com trabalhadores de todo o Brasil em 2015.

Revelou que 7 em cada 10 profissionais estão insatisfeitos com o trabalho.

Leia este artigo e descubra porque você vive esperando a sexta-feira e o que fazer para mudar isso.

Por que muitos estão esperando pela sexta-feira?

Porque a maioria das pessoas odeiam seus trabalhos.

Algumas pessoas gostam de suas áreas de atuação porém não estão felizes com as atividades desempenhadas.

Outras não gostam nem da área nem das atividades.

O que acontece é que muitas vezes escolhemos uma faculdade ou curso baseado apenas no mercado ou preferências familiares.

Começamos a trabalhar em áreas que não nos interessam mas pagam bem.

Aceitamos o emprego que surge priorizando apenas o lado financeiro e a nossa essência e preferência ficam em segundo plano.

E essa é a receita certa para insatisfação e frustração que assola tantas pessoas e as fazem sofrer da síndrome da sexta-feira.

A espera enlouquecida pelo final de semana seguida pela tristeza do domingo á noite.

Para parar de viver em uma espera eterna pela sexta-feira é preciso saber o que mudar e como fazer essa mudança.

Comece de dentro

O primeiro passo é buscar o autoconhecimento.

Olhar para dentro, e se perguntar o que esta gerando essa insatisfação.

Buscar entender seus talentos, valores e experiências profissionais.

Essa etapa é crucial para garantir que você faça uma mudança que te traga realização.

Não tem como voltar no tempo e mudar as suas escolhas, aceite, todas elas foram importantes para você ser quem você é hoje.

Agora dedique um tempo para se conhecer e fazer novas escolhas conscientes antes de realizar qualquer mudança.

Pode soar como clichê ou até desnecessário por isso muitas pessoas pulam essa etapa.

E correm o risco de depois de um curto tempo após a mudança se verem insatisfeitas de novo.

Identifique quem é você e qual o legado que você construir na sua vida.

Isso irá dar um sentido muito grande na sua nova jornada e irá te motivar a fazer o que for necessário para conquistar uma nova carreira.

Quais são aqueles sonhos que você deixou para trás?

Plano B

Você não precisa jogar tudo para o alto da noite para o dia.

Planeje como será a sua nova carreira como um plano B e continue com o seu trabalho até puder transformar seu plano B em plano A.

Comece determinando uma meta, qual será a data limite que você irá estipular para transformar seu plano B em plano A?

Coloque essa meta no seu campo de visão diariamente.

Pode ser no seu mural, no espelho, no banheiro ou na tela do seu computador.

O importante é se lembrar todos os dias pelo o que você esta trabalhando.

Planeje financeiramente

Uma das principais preocupações de quem quer partir em busca de uma mudança na vida profissional é o dinheiro.

A garantia do dinheiro certo limita as pessoas de sair da zona de conforto em busca de conquistar os seus sonhos.

Muitas pessoas depois de um tempo em suas novas carreiras ganham mais do que ganhavam em seus trabalhos anteriores.

Porque agora gostam do que fazem e se dedicam muito mais.

Mas no inicio é preciso se planejar e criar uma reserva financeira para o momento da transição.

Revise todos os seus gastos e liste tudo aquilo que você pode abrir mão em prol do seu sonho de ter uma vida profissional que te traga satisfação.

Simplifique sua vida, se livre de tudo aquilo que te aprisiona cada vez mais a uma vida que você não quer.

Comece a guardar todos os meses uma quantia para investir no seu projeto e na sua reserva financeira.

Comece a se estruturar

Depois de fazer os primeiros movimentos comece a se estruturar para atingir a sua meta.

Levando em consideração quem você é, o que você sabe fazer, qual seria a carreira ideal para você?

Uma das opções pode ser empreender.

Empreender não se limita a abrir uma empresa, qualquer atividade profissional que você exerça de maneira independente é empreender.

Caso você goste da sua área de atuação, você pode usar a sua experiência profissional e trabalhar de maneira autônoma.

Como por exemplo: consultora, professora, orientadora ou prestadora de serviço.

Mas e se você não gosta da sua área de atuação?

Analise seus talentos, Hobbies, cursos e pense de que maneira você pode utilizar isso para criar uma nova carreira.

Ou um negócio rentável que atenda as necessidades das pessoas.

Neste artigo explico como ter ideias de negócios.

Conclusão

Mudar de carreira é um desafio que exige dedicação e planejamento, mas viver uma vida que não te faz feliz é um desperdício.

Conquistar qualquer coisa que valha a pena exige dedicação e renúncias, mas quando é para conquistar os nossos sonhos vale a pena.

Reúna suas forças e comece agora mesmo a planejar a vida que você merece.

Me conta nos comentários o que você achou deste artigo.

Para te apoiar na sua jornada baixe gratuitamente o ebook: Guia Definitivo para descobrir o trabalho que você ama.

Te deixo com a famosa frase de Steve Jobs para te inspirar.

Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você está nú. Não há razão para não seguir seu coração.